Follow by Email

terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

Poemas de janeiro de 2016

Aurora

A aurora é breve,
ilusão colorida,
fingimento!
Mas, o que é  a aurora
se não a vida lá fora
e aqui dentro?


Botão

Botão.
O bom filho
à casa torna!


Cera Parquetina

Cera Parquetina!
Ainda brilham na lembrança
os assoalhos por onde
deslizavam minha infância!


Filosofia?

Diria o ladrão:
(Dê-me um pé-de-cabra
e um ponto de  apoio
que abrirei esse portão!)


JAL/2016





Nenhum comentário:

Postar um comentário