Follow by Email

domingo, 7 de fevereiro de 2016

Chovia!







Naquela manhã
queria  escrever.
Abri a janela,
como sempre fazia!
Chovia, chovia!
Fiquei estático...
por minutos a fio.
Nada escrevi...
A poesia liquefeita
Caia , caia!


Foto Internete

JAL/fev. 2016

Nenhum comentário:

Postar um comentário