Follow by Email

domingo, 18 de setembro de 2016

A Flor mais Bonita















(Foto JAL.)


O ouro do sol, tem mais brilho,
Pois enfim setembro desponta.
...azaleias, ipês, manacás...
Onze-horas que se abrem sem conta!

Vem as asas das flores que voam
Sobre as flores dos campos sem fim.
“Borboletas valsando são flores”
Guardiães do eterno jardim.

Todo campo se abre em sorriso,
Pois enfim há setembro no ar.
Até o homem ranzinza sorriu
E o banqueiro parou de contar!

Zumbem insetos pelas floradas.
Cantam pardais, sabiás, bem-te-vis...
Sobre as pedras morenas, o regato,
Tem mais vida com seus frenesis.

Venha ver como é linda alvorada,
Essa tela infinita e gratuita!
Vem também colorir essa vida
Pois somos dela, a flor mais bonita!

Azaleias, ipês, manacás...
Onze-horas que se abrem sem conta!
O ouro do sol tem mais brilho,
Pois enfim, setembro desponta!



José Alberto Lopes- 06/09/2006 – 13/09/2016





Um comentário:

  1. UUAAUU!!! Que delicia de versos
    a louvar os encantos primaveris.
    Lindo! Ly.

    ResponderExcluir